Emitir RG ou tirar a segunda via

A carteira de identidade ou Registro Geral (RG) é o principal documento do cidadão brasileiro por ser um documento básico de identidade e necessário para a emissão de documentos como a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).

Muitas pessoas têm dúvidas sobre como obter uma cópia de sua identidade, a dúvida sobre o preço está até na quantidade de vezes que você pode emitir o RG, e até o que fazer se o RG for perdido ou roubado.

Para aqueles que perderam ou roubaram documentos, é necessário ligar para a delegacia mais próxima para informar a polícia.

Uma informação interessante é que não há restrições à emissão de cópias de carteiras de identidade. Você pode emitir quantas vezes precisar, mas precisa pagar.

A primeira via deste documento é sempre gratuita para qualquer cidadão. Precisa pagar a partir da nova via: R$ 21,15, já a terceira taxa é de R$ 42,76 e a quarta taxa é de R$ 82,91. É gratuito para maiores de 65 anos, independentemente da quantidade.

Documentos necessários

Para emitir o RG pela segunda vez, se o cidadão tiver mais de 18 anos, deverá tirar duas fotos 3×4 e levar a certidão de nascimento, podendo ser utilizada, dependendo da situação, certidão de casamento ou de divórcio. O número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) pode ser colocado no documento. Para isso, a pessoa física deve retirá-lo ao emitir uma cópia do cadastro.

 Caso o interessado seja menor de idade, além dos documentos já listados, deverá estar acompanhado de responsável, que deverá apresentar documentos de identificação.

Perda, preservação inadequada, roubo ou furto, são as razões consistentes para os cidadãos fornecerem emitirem novas cópias do RG.

Novo RG

A partir de 20 de agosto de 2019, os documentos de identidade passaram a adotar novo formato no Estado de São Paulo. A emissão do novo RG está disponível em todas as estações do Poupatempo do estado, podendo solicitá-la tanto o emissor da carteira de identidade pela primeira vez quanto quem precisa de uma nova via. Os documentos do modelo antigo continuarão válidos.

O modelo será emitido de acordo com o Decreto Federal nº 9.278 de 2018, que inclui dispositivos que aumentam a segurança e reduzem o tamanho.

Reforçando as informações

Documentos perdidos, roubados ou mesmo expirados são todas as condições que fazem com que você obtenha uma segunda cópia do RG. Você está passando por essa situação e não sabe o que fazer?

Nem todo mundo sabe, mas o RG (Registro Geral) conhecido como documento de identidade é válido para a primeira via por 10 anos. Depois, é necessário atualizá-lo para continuar a usá-lo. Utilizando o RG vencido, você pode ser bloqueado quando estiver fazendo emitindo outros documentos, concorrendo a licitações, cadastrando-se no site, etc. Portanto, seja inteligente e saiba o que é preciso para emitir sua identidade.

No novo RG, você pode adicionar números de CPF.

Cada vez que você precisar exibir um deles, você também deve ter uma identificação com foto. Portanto, incluir esses dados no RG pode facilitar sua vida.

Além da falta de cuidado, perda ou roubo podem ser dois fatores que fazem com que você precise de uma segunda via. Em caso de furto, é importante fazer Boletim de Ocorrência (BO), sem cobrança de taxa de atualização.

Emitir RG

Que documentos são necessários para o segundo VIA RG?

• 2 fotos originais 3 × 4;

• Original ou cópia simples da certidão de nascimento;

• Original ou cópia simples da certidão de casamento (se for casado);

• Modelo original ou cópia simples (se roubado ou roubado);

• CPF original ou certificado de declaração imposto de renda;

• Cartão cidadão original – se você quiser que o número apareça no novo RG, você pode usar o PIS ou o PASEP.

Existem taxas?

Sim, você deve pagar ao renovar o documento. A taxa pode variar de acordo com a região, portanto, verifique a taxa em sua cidade. Se você tiver um BO, não há cobrança.

Compartilhar é se importar!

58 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo