Compartilhar é se importar!

SAIBA COMO TIRAR A SEGUNDA VIA DA FATURA CELPA!

A Celpa, Centrais Elétricas do Pará, é uma empresa que trabalha com distribuição e geração de energia.

É uma empresa especializada em distribuir, sendo administrada pela Eletronorte. Do mesmo modo, a Celpa atende mais de um milhão de pessoas com mais de 11.000 km em linhas de transmissão.

Por isso, se você faz uso dos serviços Celpa, é necessário tirar a segunda via da sua fatura Celpa.

Logo CELPACom isso, você evita o pagamento de multas e o acréscimo de juros. Tirar a segunda via da sua fatura Celpa é mais simples do que você imagina… aprenda como a seguir:

COMO TIRAR A SEGUNDA VIA DA SUA FATURA CELPA:

Inicialmente, para conseguir emitir a segunda via da sua fatura Celpa, você precisará de uma conta e luz antiga. Nessa conta, você encontrará o número de contato que precisará para emitir a segunda via.

Em seguida, acesse o site da Celpa (www.celpa.com.br). Logo, você deve buscar a opção “consultar fatura e emitir a 2º via”.

Geralmente essa opção está localizada no menu principal da pagina inicial do site.

Clique na opção e aguarde o redirecionamento. Assim que o site for redirecionado, será carregada uma caixa.

Nesta caixa, insira o número de sua conta retirado da sua conta de luz que anteriormente você havia pego.

Faça a verificação de segurança digitando os caracteres que aparecerá na imagem do site.

Após isso, confirme o nome do titular da conta. Feito isso, clique em “atualizar meus dados” e prossiga.

Por fim, você terá acesso a todas as contas que estão em aberto.

Clique na conta que deseja pagar e aguarde carregar as informações do boleto.

Após isso, faça o download do documento em PDF ou tire um print da tela. Com o documento em mãos, você poderá efetuar o pagamento por meio da sua agencia bancária.

Em conclusão, caso você tenha quaisquer problemas na hora de emitir a sua fatura, ligue para 0800 091 01 96.

Ao ser atendido, solicite a correção do problema ou solicite a impressão da segunda vida da sua fatura Celpa.

Para isso, será necessário que você informe os seus dados de identificação, tais como CPF ou CNPJ, além do titular da conta.

Compartilhar é se importar!

Participe da discussão

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *